Open Data e Agenda 2030

opendataindex
agenda2030
odibrasil

#1

Pessoal, tudo bem? Lendo essa matéria: http://www.cidadessustentaveis.org.br/noticias/brasil-vai-na-contramao-dos-objetivos-do-desenvolvimento-sustentavel
e conversando com algumas pessoas nos últimos días, fiquei pensando senão deveríamos focar mais os nossos esforços na abertura de dados públicos que estejam alinhados e fortaleçam a implementação e monitoramento da Agenda 2030 (ODS). Isto faz sentido?
Acredito que o ODI poderia estar mais vinculado com essa agenda, o Gastos Abertos, a Escola de Dados… En fim, gostaria de saber o que vocês acham?
Abraços!
Ariel


Odiamos PDF! posições oficiais da OKBr?
Pacote do Veneno prejudica a transparência
#2

E o foco no apoio ao fact checking (contra FakeNews)?
Acho que as duas coisas, “verdade” e “sustentabilidade”, até são bem compatíveis… :wink:

O capítulo Open Knowledge da Alemanha parece estar participando do 2030-Wath, que é um bom exemplo de alinhamento de iniciativas de transparência e dados abertos, com a sustentabilidade e a Agenda 2030. https://2030-watch.de/en/monitoring/


Glossário


#3

Vamos nos inscrever?

Comissão Municipal para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável


#4

Boa! Você inscreve a OKBr?


#5

Oi Ariel, acho que podemos formar um “consórcio” com outras entidades para poder preencher melhor os requisitos (itens 4 e 7 abaixo)… Alguma sugestão de entidades mais alinhadas à OKBr e à temática da sustentabilidade?
As ações da OKBr são em geral indiretas, ou seja, garantem a transparência, efetividade, descentralização, participação, etc. das ações mais diretas. O ODI 2016 foi uma ação desse tipo.

Quanto ao formulário, precisamos preencher conforme soliciações do item 2.2 do edital:

  1. :heavy_check_mark: Estatuto Estatuto Social atualizado e digitalizado

  2. :heavy_check_mark: CNPJ digitalizado

  3. :heavy_check_mark: Ata da última eleição da direção da entidade digitalizada

  4. Relatório das ações relacionadas com os ODS digitalizado: o que temos? A sugestão aqui é de “reforço com consórcio”.

  5. Carta de indicação de representante digitalizada: acho que seria carta do Diretor indicando um associado efetivo. Sugiro primeiro anunciar aqui…
    Bom, desde já “OLÁ GENTE! QUEM MAIS SE CANDIDATARIA?”

  6. Formulário de Inscrição Formulário de Inscrição preenchido: parece sem problemas.

  7. Carta de apresentação da candidatura: “… carta de uma lauda, objetiva e concisa, justificando e expondo os motivos pelos quais quer participar da Comissão Municipal ODS; que discorra sobre métodos utilizados para trabalhar com indicadores, metas, monitoramento e avaliação dos projetos que desenvolve; que contenha argumentação fundamentada sobre a relação dos projetos que desenvolve com os ODS´s relacionados no documento de ações desenvolvidas, solicitado no Formulário de Inscrição e quais impactos essas ações promovem no território”.