Adoção e promoção da "trava de abertura"


#1

Ni!

Tem ocorrido alguns “bafafás” no mundo aberto por aí graças a algumas non-profits e for-profits que, por questões internas ou aquisições por corporações, abandonaram o “open” e fecharam produtos para os quais toda uma comunidade contribuiu entendendo haver um compromisso com sua aberura.

Em função disso algumas organizações desse universo estão adotando em seus estatutos uma “trava de abertura”, dispositivos legais que impedem o fechamento sem que uma série de passos sejam tomados, o que dá um período para as comunidades se reorganizarem ou mesmo reverterem a situação.

Mais sobre isso nesse blog post da Shuttleworth foundation, que tem promovido esse mecanismo: Open Locks: Legal commitments that lock in trust

Pode ser meio ridículo pensar que a OKBr vá um dia abandonar seu compromisso com abertura (contudo o universo tem um conhecido viés pelo ridículo), mas ainda assim vale a pena nos colocarmos a questão de como implementar isso no Brasil, caso outras organizações estejam interessadas, e aí podemos adotar para dar o exemplo.

Yes, no, maybe? :wink:

Abraços!


#2

Pode me dar algum exemplo de estas travas? @solstag


#3

Bem, o artigo cita essas duas organizações: Slyavula e ContentMine, mas não achei os estatutos online pra ver a linguagem exata… no post tem só um template, que já dá uma ideia mas seria legal ver em uso. Já dei um toque no ContentMine pra ver se colocam online. Abs!


#4

@solstag acho legal! A sugestão seria incorporar no Estatuto da Organização?


#5

Outro exemplo emblemático foi a aquisição das plataformas Java, J2EE, MySQL, etc. pela Oracle:

Imaginem a própria OKFN ou Mozilla Foundation, sendo adquiridas por uma Petrobrás ou Microsoft :slight_smile:

PS: alias, além da dezena de bons motivos técnicos para a OKBR preferir PostgreSQL ao MySQL (nos seus projetos e recomendações), essa “privatização” do MySQL é uma importante justificativa, em geral esquecida (!).


#6

Por hora a questão seria investigar como traduzir isso para a legislação brasileira, depois pensar em incorporar seja no estatuto da OKBr ou de organizações/empresas que surjam dos projetos ou se interessem em adotar um tal compromisso - o que pode ser um sinal positivo para financiadores alinhados, como é o caso da Shuttleworth.

Ah sim, eu recebi o estatuto do Contentmine mas a seção da Open Lock é idêntica ao texto como está no site da Shuttleworth.